quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

É, você ganhou, mais uma vez.


É cômico; Estava entusiasmada e incentivada, assim como um botão pronto para desabrochar e virar uma formosa rosa vermelha. Exuberante, pronta para ser colhida e ser transformada em um encantador buquê. Quem sabe não seria você que me colheria? Afinal, estava tudo perfeitamente bem. Algo inusitado, porém satisfatório, mas que faria de mim uma pessoa realizada. Não sei se errei, não deveria ter contado para ninguém, guardar segredo nunca é demais. A vida é assim, sempre nos prega pequenas peças, viramos o protagonista de uma peça onde a platéia decide o final. Eu “querer”, eu “tentar”, eu “ir em frente”, eu “ser feliz”. Porque com tantos "eu" é o "você" que decide o final? Chorar faz bem, eu sei, e gritar também, afinal colocamos tudo para fora, como um pequeno inseto querendo se aproveitar da minha rosa, eu posso tirá-lo de lá, é a minha escolha. Mas e quando nada faz sentido e você sente um vazio dentro do seu peito e mesmo assim não há uma saída? Eu decidi que sim, mas o destino deu a volta por cima e decidiu por si só. O que me resta se não aguardar? Somente os conhecidos pensamentos chamados de positivos. "Não aconteceu? É porque não era pra ser", "Virão coisas melhores". Dizem que sorte no amor, azar no jogo. Passei a acreditar que sim, é o jogo da vida, que do ponto de partida comecei com fado e avancei três casas e assim feito, voltei para o início do jogo. Espero que a vida me dê grandes oportunidades, que compense as minhas perdas e faça de mim uma pessoa melhor, cansei de cair e sempre levantar. Por favor, deixe-me levantar e andar até cansar, quando estiver exausta e não conseguir dar mais nenhum passo ou até mesmo respirar, eu sento, tomo um copo d'água e volto a andar. Por favor, apenas deixe-me viver a minha maneira, deixe que eu tome as minhas próprias decisões, que eu faça as minhas próprias escolhas, e que se for ruim eu quebre a cara para aprender. É, você Destino, hoje, você me pegou e ganhou, e sinceramente meu mundo desabou. Então, por favor, deixe que eu me levante novamente e siga o meu rumo. Destino, eu sei o que quero, então deixe que eu tenha uma oportunidade. Isto é um adeus, até o nosso próximo encontro, e sinceramente o aguardo ansiosamente.

24 comentários:

  1. lindo texto. amei seu blog
    tudo muito perfeito

    bj
    http://www.bebellima7.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto! Parece muito com a escrita de Paulina Chiziane!!!

    Parabéns pelo BLOG!!

    http://felipedesouza-psicologo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. pois é, a vida é assim... uma sucessão de peças com as quais temos de conviver. conseguiremos? até quando? o segredo é... bom eu nao sei o segredo, mas a procura já é uma forma de descobrir...

    abraço, adorei o blog

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto, temos que seguir o ritmo da vida.

    #Beijos e sucesso
    http://semfreiosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Às vezes, quando menos esperamos e quando menos precisamos, levamos algumas rasteiras homéricas do destino. O jeito é passar por cima e seguir adiante!
    Adorei o texto!

    ResponderExcluir
  6. Legal...
    www.centralmbc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. São sempre assim. Despedidas com cara de encontro e amores com cara de tristeza.
    Muito bonito seu texto. Continue andando, esperando e vivendo.
    _________________
    http://assimounao.blogspot.com/
    Lê, comenta, segue, sei lá.
    Eu retribuo.

    ResponderExcluir
  8. Não se preocupe, por mais insano que pareça agora você vai se levantar e sobreviver sim, é pura questão de tempo.
    A banda não para de tocar só por que você não está dançando ;)

    Bjinhus

    http://resenhandomm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Faz parte da vida, perdemos e ganhamos, mesmo sendo difícil de entender saímos sempre vencedores apesar de certos momentos parecer o contrário.

    ResponderExcluir
  10. Talvez até exista algo chamado "destino", mas também existe o livre-arbítrio, que nos permite reagir e tomar decisões, independente do tamanho e da gravidade da "surpresa" que a vida nos reserve. Bonito e instigante texto. :)

    ResponderExcluir
  11. Poderia fazer um comentário super complexo sobre o post e etc... mais acho que uma simples frase já basta "É a vida..."

    ResponderExcluir
  12. Lindo texto. Não há bem que não possa melhorar, é só xaminhar, caminhar e caminhar...
    meus parabéns.

    Se lhe restar tempo, visite: http://momentoliterario.zip.net/

    ResponderExcluir
  13. gostei do blog....simples, com textos interessantes... parabens...

    se puder entra no meu http://talkingabout-andy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. quero parabenizar o seu,
    trabalho lindo do seu blog prbns.
    belissimo texto gostei muito.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo blog e pelos textos!

    http://danilofutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. fiquei agoniada lendo isso. Por que quando tá tudo bem agente JURA que nunca vai acontecer nada... E lendo isso me deu tanto medo... Afinal, como você disse... com tantos "eus" não é a gente que escolhe o final...

    Belíssimo Post. Adorei seu tipo de escrita moça ;D
    seguindo você!

    ResponderExcluir
  17. é assim, alguns chamam de destino outros de coincidência,procuro me adaptar as situaçoes e aceitar as coisas como elas são, espero que assim consiga encontrar um ponto de partida para ditar meu caminho.
    Gostei de seu texto
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Seu blog ta ótimo.
    Parabéns!

    Lucas
    http://clubedavip.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Bonito texto, realmente!!!

    Mas acredito que o Destino é o que fazemos dele!!!

    Nada ta escrito...!

    Bjs,
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Bela apresentação da forma como voce encara o destino. Existem alguns obstáculos no caminho e com o tempo, somente o tempo, a gente aprende a superará-los, ultrapassá-los. Mas não há um regra.
    Boa sexta feira pra ti.

    ResponderExcluir
  21. Amei o texto, mas o final me caticou mais.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  22. Que bacana esse blog.Seguindo imediatamente >.Beijos

    ResponderExcluir
  23. Casamos de cair, sermos derrubados injustamente por pura maldade e termos sempre que levantar como se nada tivesse acontecido, cansamos de tomar decisões baseados no que os outros irão achar, deixe-me aqui.. caido! Deixe-me cair e ficar no chão até me sentir melhor e pronto para levantar e continuar minha caminhada, seja lá para onde for. Preciso demorar a voltar para a estrada do que tomar a estrada totalmente errada por força de circunstâncias pessoais alheias as minhas. Deixe-me.

    www.catarseonline.blogspot.com

    ResponderExcluir